Profissionais atuam em sistema socioeducativo no Rio de Janeiro



Em tempos de impacto da tecnologia e diversidade de campos de atuação, conheçam o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (DEGASE), instituição localizada no Estado do Rio de Janeiro que trabalha com cumprimento de medidas socioeducativas de adolescentes em conflito com a lei, que se encontram em regime de internação e de semiliberdade.



O sistema socioeducativo é um dos campos de atuação profissional que é pouco conhecido entre os bibliotecários. Sem entrar no mérito de julgamento do adolescente pelo ato infracional cometido, visto que existe uma equipe de profissionais responsáveis e com a devida competência para esta finalidade, o trabalho do profissional bibliotecário neste ambiente é o de ajudar os adolescentes a obterem sucesso no cumprimento de suas medidas através da leitura e do estímulo às diversas expressões criativas.


Para alguns desses jovens, as salas de leitura nas unidades de internação são consideradas como espaços de lazer, pois são nestes lugares que muitos deles ficam entretidos e esquecem que estão privados da liberdade. A atividade de leitura é considerada como passa tempo para uma parcela destes meninos.

Atualmente, o DEGASE conta com quatro bibliotecárias, duas trabalhando em unidades de internação, uma em unidade de semiliberdade e uma no atendimento dos servidores degaseanos, incentivando o autodesenvolvimento dos funcionários, sua formação continuada e estimulando a produção de conhecimento. 


Visite a página da Biblioteca do Novo Degase e conheça os trabalhos realizados pelas bibliotecárias com os adolescentes:


Um grande abraço a Mara Forny pela sugestão da matéria.

Foco sempre!

Jorge Cativo

0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.