Múltiplas facetas da comunicação e divulgação científicas : transformações em cinco séculos


Esta coletânea organizada pelas autoras Lena Vania Ribeiro Pinheiro e Eloisa da Conceição Príncipe de Oliveira,  traduz as multifacetas da comunicação e divulgação científicas, representadas pela produção mais recente de integrantes do grupo de pesquisa com o mesmo nome e expressa, no seu conjunto, as múltiplas ideias, abordagens e perspectivas de pesquisa.

O diretor do IBICT Emir José Suaiden apresenta a obra com as seguintes palavras:


"O  IBICT,  ao  publicar  esta  coletânea,  no  amplo  escopo  da  comunicação científica e da divulgação científica, reúne tanto questões do mundo da ciência e dos cientistas, nas suas respectivas áreas e comunidades, quanto ações empreendidas para  levar  à  sociedade  o  conhecimento produzido  em  C&T,  na  transformação  do discurso  científico  para  uma  linguagem  inteligível  pelo  cidadão,  ou  público  não especializado.

A temática desta coletânea vai desde os primórdios da ciência, com Galileu Galilei  e  cartas  de  cientistas,  às  aplicações  das  tecnologias  de  informação  e comunicação  (TICs)  e  questões  contemporâneas  do  acesso  livre  à  informação científica e repositórios, passando pelas metrias da comunicação e informação, o ambiente de museus e arquivos, e aspectos políticos e sociais do tema.
 

A  comunicação  e  divulgação  científicas  são  estudadas  à  luz  da  ciência  da informação, da história da ciência e da sociologia da ciência, entre outros campos do conhecimento. Assumem o centro das questões-alvo não somente das políticas atuais do IBICT, expressas no Manifesto de Acesso Livre à Informação Científica e projetos de inclusão social. Os trabalhos publicados nesta coletânea representam não somente pesquisas e debates empreendidos no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, IBICT-UFRJ, desde o seu início, em 1970, no Grupo
de Pesquisa em Comunicação e Divulgação Científicas e no LABCOM – Laboratório de Pesquisa em Comunicação Científica do IBICT, inaugurado em março de 2012 – são discussões nacionais e internacionais.


Os trabalhos ora publicados refletem o longo aprendizado e o amadurecimento de ideias de estudiosos brasileiros, configurados em pesquisas da área. Ao mesmo tempo, traduzem o aprofundamento e a renovação de questões e questionamentos em  torno  da  comunicação  e  divulgação  científicas,  em  temas  relevantes  como periódicos científicos, impressos ou eletrônicos, e ainda hoje o principal canal de disseminação da ciência.

Ao tornar públicas múltiplas abordagens sobre a comunicação e divulgação científicas  em  temas  contemporâneos  e  universais,  o  IBICT  espera  ser  um instrumento de expansão das áreas em questão e catalisador de novas pesquisas.
"


PINHEIRO, L. V.; PRÍNCIPE, E. (Orgs.). Múltiplas facetas da comunicação e divulgação científicas: transformações em cinco séculos. Brasília: Ibict, 2012.


Foco sempre!

Jorge Cativo

0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.