Estudos avançados em arquivologia - Marta Lígia Pomim Valentim


 Recentemente foi lançado o livro Estudos Avançados em Arquivologia, organizado por Marta Lígia Pomim Valentim. Na opinião de Renato Sousa, o livro Estudos Avançados... "(...) é um passeio, ou melhor, um sobrevoo por questões que mexem com o coração das práticas arquivísticas. São tratados temas importantes para o que-fazer arquivístico: gestão de documentos,documentos imagéticos, avaliação, descrição, identificação e tipologia documental. Além disso, há textos que trabalham com a questão da pesquisa em arquivística, com a formação dos arquivistas e o diálogo fundamental entre as áreas que têm objetos de estudo com uma proximidade interessante. Percebe-se que os textos, apesar da diversidade de autores e de suas formações, têm uma linha em comum: buscam um aprofundamento científico no tratamento de suas temáticas. E é isso que tem feito à diferença dessa produção e é o que, acredito, impulsionará a área arquivística para outro patamar, permitindo, inclusive, a construção de novos paradigmas".

A coletânea de textos que compõem o livro Estudos Avançados em Arquivologia apresenta quinze capítulos elaborados por dezesseis autores de instituições brasileiras, espanholas e portuguesas.

O primeiro capítulo trata da gestão documental em ambientes empresariais;

O segundo apresenta-se a avaliação de arquivos aplicando instrumentos de medição;

O terceiro capítulo enfoca a fotografia como documento de arquivo;

Os paradigmas arquivísticos de investigação são tratados no quarto capítulo;

A documentação imagética para a constituição da memória é enfocada no quinto capítulo;

Na sequência apresenta-se a grounded theory como método de investigação aplicado à Arquivologia;

O sétimo capítulo apresenta uma reflexão sobre a pesquisa na área de Arquivologia destacando sua evolução;

A importância da descrição arquivística para o posterior acesso e recuperação de documentos é destaque do oitavo capítulo;

A formação do profissional arquivista no Brasil é tema do nono capítulo;

Na sequência a 'identificação' é apresentada como uma metodologia de pesquisa para o campo da Arquivologia;

O décimo primeiro capítulo apresenta uma reflexão sobre o diálogo existente entre a Arquivologia, a Biblioteconomia, a Museologia e a Ciência da Informação;

A tipologia documental como instrumento para a seriação de documentos é tema do décimo segundo capítulo;

Na sequência apresenta-se a mediação da informação no âmbito da Arquivologia;

O décimo quarto capítulo apresenta uma reflexão sobre a aproximação conceitual da Arquivologia com a abordagem da gestão da informação e do conhecimento;

O décimo quinto e último capítulo debate a relação entre a tipologia documental e o processo decisório.
 
Foco sempre!

Jorge Cativo

Fonte:  http://diplomaticaetipologia.blogspot.com.br




0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.