Professor Mirleno Monteiro é aprovado em qualificação de mestrado na UFAM


Precisei exaltar minha alegria à alguém que aprendi a ter como um grande exemplo para conseguir dar sentido a esse mundo abstrato de pessoas, idéias, valores e concepções, que cercam a multiplicidade cultural do universo científico.

É notável que na tarefa de aprender, há uma necessidade vital do aprendiz querer e poder estar na mesma sintonia e direção daquele que se propõe a ensiná-lo. Educar por sua vez, é ir bem mais além de ministrar saberes para conseguir ultrapassar as barreiras de um processo cognitivo que nunca deixará de ter suas limitações.

Salve a existência de pessoas que na sua batalha de transmitir saberes, os tornam não apenas notações sem sentido, mas dotados de uma idéia que além de trazer convicções, não se apagam da memória como sementes plantadas em solos inférteis.

E nessa caminhada, ensinam a quem busca aprendizado efetivo, o observar esse mundo científico de maneira diferente, interativa e participativa eacima de tudo comunicativa. Comunicar é preciso. Publicar também.

Publicar ou morrer em uma tríade de planos que para muitos se torna apenas uma ímpar representação  notacional que desconhece e não invade o mundo das idéias, das percepções humanas sobre as coisas mutáveis, transformáveis e investigáveis.

Nesse envolto de dedicação ao ensino e dedicação a uma aprendizagem suprema, alegra-me saber da postura daqueles que conseguem construir um limite aparentemente invisível entre ser um sonhador e também reconhecer os afagos amargos das adversidades da vida. E é exatamente por isso que se tornam pessoas que são um exemplo de caminho a ser trilhado.

Que hoje, ao receber diversos elogios escritos, palavras e saudações misturadas a emoções, de amigos e de uma família distante ao se orgulhar e a querer te abraçar, que percebas que acima de tudo o que te trouxe e ainda vai te levar a merecer tudo isso e muito mais:
"...é essa incansável e indubitável certeza de que essa batalha, nunca esteve perdida !"

Minha Homenagem ao professor Mirleno Lívio Monteiro de Jesus,  aprovado na qualificação de Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade Federal do Amazonas

De seu discípulo e amigo Jorge Cativo

Foco sempre!

0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.