ENEBD - Dia 26 - Manhã de Palestra: Osvaldo Francisco Almeida Júnior



Começando com a leitura do poema liberdade de Fernando Pessoa
Ai que prazer
não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
e não o fazer!
Ler é maçada,
estudar é nada.
O sol doira sem literatura.
O rio corre bem ou mal,
sem edição original.
E a brisa, essa, de tão naturalmente matinal
como tem tempo, não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto melhor é quando há bruma.
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

E mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças,
Nem consta que tivesse biblioteca...

O professor Osvaldo Francisco Almeida Júnior mencionou a importância da inclusão informacional, tendo em vista uma mudança de foco do acervo físico e suas características para a mediação desse processo.

DESTAQUES DA PALESTRA

"O conhecimento humano é um só. Não deve ser fragmentado"

"Atender as demandas, porém tão importante quanto atender é criar demandas"

Relação entre inclusão e as pessoas que estão fora dos espaços atendidos pela cidadania"

"Não divergir inclusões de exclusões pois não se pode segmentar as pessoas"

"A informação se plasma no documento para ser veiculada"

"A importância da oralidade para o serviço de referência em comparativo ao processamento técnico e a interação com o suporte"

Possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo,mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo.
* Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Londrina e professor titular do programa de pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Marília).
* Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Informação e Sociedade, atuando principalmente nos seguintes temas: informação e sociedade, mediação da informação, serviço de referência e informação, bibliotecas públicas e biblioteconomia.

0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.