ENEBD2011 - Dia 27 - Palestra: "Formei e agora?"



José Maria Jardim
"A busca por atendimentos de demantas"
"Nós vivemos espaços informacionais virtuais"
"O conceito de lugar se torna menos epicentro"
"As dissociações de suportes geram novas demandas"
"A temática de repositórios institucionais deve ser aprofundada já na graduação"
"É muito mais interessante fazer biblioteconomia hoje do que a vinte e cinco anos atrás"
"A formação não termina na graduação. O processo de educação profissional deve permanecer, considerando as novas formas de trabalho mediante a iniciativa, participação, compromisso."
"O diploma passa a não significar uma garantia de emprego pois as competências técnicas estão associadas por habilidades de relações, escrita, liderança e trabalho em grupo"
"aprendentes humanos e sistemas cognitivos artificiais devem alteras as expectativas humanas e suas relações de trabalho"
"O profissional não deve esperar soluções empacotadas"
"Uma palavra chave hoje é inovação, criticando um modismo passado"
"O profissinal deve valorizar a essência da mediação e comunicação"
"O profissional deve ser um fomentador de fluxo de informação"
"Mercado informacional é tratado por Marta Lígia Pomim Valentim como tradicional, não ocupado e com tendências"

Célia Regina Simonetti Barbalho

"Os três tipos de mercado informacional"
"Perfil e atendimento do que seja este perfil"
"Precisamos formar 178 mil bibliotecários em dez anos, sendo que são formados mil e quatrocentos profissionais por ano no Brasil"
"Temos trinta mil profissionais atualmente, sendo que 30% deste número deverá estar aposentado daqui a 10 anos"
"Unidades Integradas de Informação combatendo a biopirataria"
Proativo
Ético nas relações
Visão Estratégica
"A graduação é elementar"
"O quë eu preciso atenter, por que e para quê?"

0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.