Aberto o ENEBD 2011 em Manaus



O XXXIV Encontro Nacional de Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência e Gestão da Informação (ENEBD) teve sua abertura no dia 25, às 18h30, no auditório Rio Solimões.

Estiveram presentes na mesa de abertura a reitora da Ufam, professora Márcia Perales, a coordenadora do curso de Arquivologia, professora Carla Silva, a coordenadora do curso de Biblioteconomia, professora Suely Marquez, a chefe do departamento de Biblioteconomia, professor Célia Barbalho, o diretor do ICHL, professor Nelson Noronha, o coordenador do 34° ENEBD, Thiago Siqueira e o representante da Executiva Nacional dos Estudantes, Rodrigo Paiva.

A coordenadora do curso de Biblioteconomia, professora Suely Marquez, em seu discurso deu boas vindas a todos e desejou que todos os participantes adquiram muito conhecimento, principalmente os estudantes de outras capitais. “Eu espero que todos adquiram muitos conhecimentos, e os que vieram de fora, saiam daqui para sua terra natal riquíssimos de conhecimentos”, afirmou.

Além de parabenizar a organização do evento, o diretor do ICHL, professor Nelson Noronha, lembrou da importância do evento. “Estamos às vésperas do segundo semestre das aulas, então um encontro como esse é importante por discutir sobre as profissões que o encontro envolve”, ressaltou.



A reitora da Ufam, professora Márcia Perales também lembrou sobre a importância da temática discutida no evento. “Os temas que serão discutidos apesar de muitas vezes passarem despercebidos, são de extrema importância, é com encontros como esse que os alunos vão ter a dimensão de como é a vida profissional. E se discutindo sobre temática se percebe o seu valor e do quanto é complexa”, disse. A professora Márcia Perales afirmou que é uma grande satisfação sediar o evento. “É uma grande satisfação sediar um evento que acontece desde da década 40, sendo que é a primeira vez que acontece no Estado do Amazonas. É um marco que merece todo o apoio necessário”, concluiu.

Após o seu discurso, a reitora declamou um pedaço de uma poesia do poeta amazonense Thiago de Mello.

0 comentários:

Visitas

Tecnologia do Blogger.